Veja quais títulos ainda faltam na galeria de troféus dos grandes clubes brasileiros - VILHENA ONLINE - NOTÍCIAS DE VILHENA E RONDÔNIA

Veja quais títulos ainda faltam na galeria de troféus dos grandes clubes brasileiros

Share:
Confira os títulos que ainda faltam para os principais clubes do país

Vilhena, RO - Ao bater o Palmeiras nos pênaltis no domingo (4) no estádio do Mineirão e levantar a taça da Supercopa do Brasil, o São Paulo passou a ser o único clube brasileiro com todos os títulos possíveis no calendário atual.

A equipe do Morumbi agora tem título de campeã estadual, do Campeonato Brasileiro, da Copa do Brasil, da Supercopa do Brasil, da Copa Sul-Americana, da Copa Libertadores, da Recopa Sul-Americana e do Mundial de Clubes.

Fazendo um recorte e considerando apenas os adversários que já foram campeões do Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores, o Corinthians é um dos que tem a chance de completar, em 2024, a lista de títulos possíveis em disputa.

Para isso, falta ao time da zona leste de São Paulo apenas a taça da Copa Sul-Americana. Com oito participações na competição, as melhores campanhas que a equipe alvinegra alcançou foram em 2019 e em 2023, quando caiu nas semifinais diante do Independiente del Valle, do Equador, e do Fortaleza, respectivamente.

O alvinegro garantiu a nona participação no torneio por ter terminado a última edição do Campeonato Brasileiro na 13º colocação.

Ao Grêmio e ao Flamengo também falta apenas a Sul-Americana para completar a lista de títulos. Segundo e quarto colocados no Brasileiro de 2023, respectivamente, gaúchos e cariocas se classificaram para a Copa Libertadores.

Para os dois, porém, disputar o torneio neste ano não seria um bom sinal. A dupla participará da Sul-Americana apenas se for mal na Libertadores -os oito clubes que terminarem em terceiro na fase de grupos e os quatro que caírem na terceira fase eliminatória da Libertadores ganham o direito de disputar a Sul-Americana.

Com seis participações cada, o Grêmio alcançou sua melhor campanha no torneio continental que ainda lhe falta em 2012, quando perdeu nas quartas de final para o Millonarios, da Colômbia; já o Flamengo chegou até a final, em 2017, sendo superado na ocasião pelo Independiente, da Argentina.

CONFIRA A SEGUIR OS TÍTULOS QUE AINDA FALTAM PARA OS PRINCIPAIS CLUBES DO PAÍS

Corinthians - Copa Sul-Americana

Tendo anunciado nesta segunda-feira (5) a demissão do técnico Mano Menezes, ao clube do Parque São Jorge falta apenas a conquista do segundo principal torneio do continente para completar sua coleção de troféus. A fase de grupos da competição, na qual o Corinthians irá fazer sua estreia na edição deste ano, está prevista para começar em 3 de abril.

Flamengo - Copa Sul-Americana

Sob o comando do técnico Tite, o Flamengo tem a chance de vencer a competição que falta se não avançar na Copa Libertadores e terminar em terceiro na fase de grupos. O rubro-negro faz sua estreia na Libertadores em abril.

Grêmio - Copa Sul-Americana

Em situação parecida com o rival carioca, o time gaúcho também pode vir a disputar a Sul-Americana em 2024 caso fique no meio do caminho na Copa Libertadores, terminando a competição em terceiro em seu grupo.

Internacional - Supercopa do Brasil

Embora seja tricampeão brasileiro (1975, 1976 e 1979) e campeão da Copa do Brasil (1992), o Internacional ainda não teve a oportunidade de disputar a Supercopa do Brasil -o torneio em que os campeões nacionais se enfrentam teve duas edições em 1990 e 1991 e passou por um hiato entre 1992 e 2019, voltando a ser disputado a partir de 2020.

Palmeiras - Copa Sul-Americana e Mundial de Clubes

Um dos maiores vencedores do futebol brasileiro nos últimos anos, o alviverde ainda carece de dois títulos internacionais para completar a coleção.

Em Mundiais, o clube disputou a final em 2021, mas foi derrotado pelo Chelsea, da Inglaterra, por 2 a 1. No ano anterior, também participou da competição intercontinental, mas caiu nas semifinais diante do Tigres, do México, perdendo a disputa do terceiro lugar nos pênaltis para o Al-Ahly, do Egito

O Palmeiras defende que já foi campeão do mundo pela conquista, em 1951, da Copa Rio, torneio internacional que reuniu oito times -além do clube paulista, participaram Vasco da Gama, Juventus (ITA), Austria Viena (AUS), Sporting (POR), Nacional (URU), Estrela Vermelha (SER) e Nice (FRA).

O título, no entanto, não é considerado pelo ranking Folha de S.Paulo, por não ser reconhecido como um mundial pela Fifa (Federação Internacional de Futebol) e pelo fato de a Copa Rio não ter tido grande sequência, com somente duas edições (1951 e 1952).

Na Sul-Americana, a melhor campanha do Palmeiras foi em 2010, quando perdeu nas semifinais para o Goiás.

Santos - Copa Sul-Americana e Supercopa do Brasil

Rebaixado pela primeira vez em sua história no Campeonato Brasileiro de 2023, o Santos não tem chance de vencer as competições que ainda faltam na sala de troféus da Vila Belmiro.

Embora já tenha conquistado o Campeonato Brasileiro oito vezes (1961, 1962, 1963, 1964, 1965, 1968, 2002 e 2004) e uma vez a Copa do Brasil (2010), nenhum dos títulos coincidiu com os anos em que foi realizada a Supercopa do Brasil.

No caso da Sul-Americana, o clube praiano tem como melhores campanhas a fase quartas de final, que alcançou três vezes -em 2003 (eliminado pelo Cienciano, do Peru), em 2004 (eliminado pela LDU, do Equador) e em 2021 (eliminado pelo Libertad, do Paraguai).

Vasco - Mundial de Clubes e Copa Sul-Americana

O Vasco disputou o Mundial em 1998, após ser campeão da Copa Libertadores, mas perdeu a final para o Real Madrid de Roberto Carlos, Seedorf e Raúl.

Na Copa Sul-Americana, em sete participações, o melhor resultado foi a fase semifinal, em 2011, quando foi eliminado pela Universidad de Chile.

Apesar de ter conquistado a Libertadores, o clube não disputou a Recopa Sul-Americana, que teve início em 1989 e foi até 1998, passando por uma pausa de quatro anos, voltando a ser disputada em 2003.

Campeão da Copa do Brasil em 2011 e tetracampeão brasileiro (1974, 1989, 1997 e 2000), o cruzmaltino ainda não disputou a Supercopa do Brasil.

Atlético-MG - Mundial de Clubes e Copa Sul-Americana

Em 2013, em sua única participação no Mundial de Clubes, o Atlético-MG foi derrotado ainda na estreia, pelo Raja Casablanca, do Marrocos. Na disputa pelo terceiro lugar, venceu o Guangzhou Evergrande, da China.

Na Copa Sul-Americana, a melhor campanha do Galo foi em 2019, quando perdeu nas semifinais na disputa por pênaltis para o Colón, da Argentina.

Cruzeiro - Mundial de Clubes e Copa Sul-Americana

Bicampeão da Copa Libertadores, o Cruzeiro foi derrotado no Mundial por dois clubes da Alemanha. Em 1976, perdeu para o Bayern de Munique de Franz Beckenbauer, e em 1997, para o Borussia Dortmund.

Na Sul-Americana, a melhor campanha do time mineiro foi em 2005, quando perdeu nas oitavas de final para o argentino Velez Sarsfield.

Fluminense - Mundial de Clubes, Copa Sul-Americana, Recopa Sul-Americana e Supercopa do Brasil

O tricolor carioca teve a chance de levantar a taça do Mundial em 2023, mas não conseguiu fazer frente ao poderoso Manchester City, dirigido por Pep Guardiola.

Atual campeão da Libertadores, o Fluminense debuta neste ano na Recopa Sul-Americana. Na decisão, prevista para os dias 22 e 29 de fevereiro, vai enfrentar a LDU, atual campeão da Sul-Americana.

O confronto será uma revanche da final da Sul-Americana de 2009, quando o clube carioca alcançou o melhor resultado no torneio, perdendo a decisão para a agremiação equatoriana.

No caso da Supercopa do Brasil, o tricolor do Rio de Janeiro ainda não teve a oportunidade de disputar a competição -foi campeão da Copa do Brasil em 2007 e é tetracampeão brasileiro (1970, 1984, 2010 e 2012).

Fonte: Notícias ao Minuto

Nenhum comentário