Vilhena: comerciante organiza campanha voluntária de arrecadação de materiais escolares para crianças em vulnerabilidade social - VILHENA ONLINE - NOTÍCIAS DE VILHENA E RONDÔNIA

Vilhena: comerciante organiza campanha voluntária de arrecadação de materiais escolares para crianças em vulnerabilidade social

Share:
Ação já acontece há vários anos mas em 2024 tomou as redes sociais e ganhou apoiadores

Vilhena, RO - Com cerca de um terço da população vivendo com até meio salário mínimo, segundo os dados mais recentes do IBGE, Vilhena tem milhares de crianças na pobreza ou extrema pobreza. Pensando nelas, a comerciante do bairro Assosete, Cleide Lopes, organiza há vários anos uma campanha discreta de arrecadação de materiais escolares, uniformes e qualquer item que ajude os pequenos estudantes em vulnerabilidade social do município. Em 2024, a campanha ganhou apoiadores nas redes sociais e tomou grupos de WhatsApp, ampliando as doações, que vão até 14 de fevereiro.

"Faço essa ação social há 10 anos. Temos um grupo de doações e tento ajudar o maior número de famílias que consigo. No Dia das Crianças, todo ano, já virou tradição: organizamos uma festa aqui no bairro, aberta a todos que quiserem participar. A última deu mais de 150 crianças e suas famílias", explica Cleide Lopes, proprietária do Mercado Rei Davi.

De acordo com a comerciante, muitos pais conseguem comprar mochilas, cadernos e sapatos novos para seus filhos no início do ano letivo. Mas, boa parte não. E esse material que é usado, mas ainda está em boas condições pode ser doado a quem mais precisa.

"Eu pedia de boca em boca e sempre conseguia. Mas esse ano ampliamos a campanha e comecei a divulgar mais, nos grupos de WhatsApp e já consegui várias doações, entre uniformes, materiais e até uma bicicleta. Muitas crianças precisam", ressalta.

As doações podem ser entregues no Mercado Rei Davi, na rua 8501, n° 721, no bairro Assosete. A campanha "Volta às Aulas Solidária" receberá lápis, borrachas, cadernos, mochilas, uniformes, bicicletas e qualquer outro item que contribua para os estudos de crianças, desde que estejam novos ou em bom estado.

Tudo será entregue a famílias em necessidade já contatadas por Cleide ao longo dos anos que desenvolve seu projeto.








Fonte: Folha do Sul

Nenhum comentário