Planejamento e atuação das forças de segurança do estado fortalecem ações de combate à criminalidade, diz Coronel Braguin - VILHENA ONLINE - NOTÍCIAS DE VILHENA E RONDÔNIA

Planejamento e atuação das forças de segurança do estado fortalecem ações de combate à criminalidade, diz Coronel Braguin

Share:
Foto: Divulgação

Vilhena, RO - As ações estratégicas das forças policiais de Rondônia que resultaram na recaptura de apenados, visando garantir maior segurança para a população foram pontuadas na manhã da última sexta-feira (19) pelo Governo do Estado, durante coletiva de imprensa destacando a atuação desencadeada pelas Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) e Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec).

A ação da segurança pública resultou em 14 mandados de prisão cumpridos, além de um foragido da Justiça, integrante de facção criminosa, em nível nacional, recapturado.Durante a entrevista coletiva, realizada no Comando-Geral da Polícia Militar de Rondônia (PMRO), foi destacado que todo o policiamento engajado na operação mantém o objetivo de recapturar apenados que saíram do cárcere para a saída temporária de fim de ano, e demais indivíduos que estejam foragidos, em cometimento de flagrante, e em descumprimento das demandas judiciais.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel PM Regis Braguin, disse que a atuação integrada das forças de segurança tem resultados positivos, e isso, se deve a um planejamento estratégico das ações com a contribuição de cada instituição envolvida. “As frentes vão avançar identificando as lideranças e neutralizando as ações. Não só na Capital, mas no interior do Estado. Atuamos com tecnologia e inteligência, todas as polícias estão engajadas no combate à criminalidade “, destacou.

O coronel PM Braguin destacou também a atuação da Polícia Rodoviária Federal (PRF). “Aqui não poderia deixar de parabenizar a PRF nas rodovias no combate ao tráfico de drogas, armas e recuperação de veículos roubados. Sem dúvidas, são de fundamental importância como guardiões das rodovias que dão acesso e saída ao Estado, principal porta de entrada de drogas e outros produtos do crime”, destacou.

O comandante enfatizou a atuação da Polícia Penal, que passou a integrar as ações da segurança pública do Estado, que vem contribuindo de forma efetiva com informações de foragidos e a identificação dos líderes dos grupos criminosos organizados. “Com isso, a Polícia Militar e a Polícia Civil podem direcionar suas forças de forma estratégica, direta e certeira, neutralizando os criminosos”, argumentou.

Representando a Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), o diretor-executivo, Henrique Barbosa, disse que o Governo do Estado irá manter os recursos necessários para uma atuação cada vez mais fortalecida das forças de segurança. “Quero agradecer o empenho da Polícia Civil e Militar que de pronto montaram uma força tarefa; a Polícia Técnico Científica (Politec) que disponibilizou uma equipe para ir até os locais e coletar vestígios do crime, trazendo materialidade para efetivação das prisões.

O diretor-executivo também agradeceu a pronta atuação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Corpo deBombeiros Militar no atendimento às vítimas dos confrontos; o Ministério Público, por meio do Gaeco, e Tribunal de Justiça, ambas instituições que convalidam as ações positivas das policias com a celeridade dos processos; a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Federal no suporte aos crimes rodoviários e federais; e por fim, ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran) com apoio ao trânsito nos locais de operação.

O gerente de Operações Especiais da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), Reginaldo Barbosa, destacou a importância da Polícia Penal na integração com as demais forças de segurança do Estado. “Somos uma polícia nova, mas temos muito conhecimento e levantamento de informações das ações de planejamento dos grupos organizados, que muitas das vezes, surgem dentro dos presídios e resultam em crimes nas ruas”, salientou.

Fonte: Assessoria

Nenhum comentário