Lula sanciona fundo eleitoral bilionário e retira emendas que ajudariam no desenvolvimento do país, diz Jaime Bagattoli - VILHENA ONLINE - NOTÍCIAS DE VILHENA E RONDÔNIA

Lula sanciona fundo eleitoral bilionário e retira emendas que ajudariam no desenvolvimento do país, diz Jaime Bagattoli

Share:
Senador Jaime Bagattoli/Foto: Divulgação

Vilhena, RO - Na última segunda-feira (22), o presidente da República sancionou a Lei Orçamentária Anual (LOA) que prevê a destinação de R$ 4,9 bilhões para custear as campanhas eleitorais deste ano.

Em contrapartida, o atual governo vetou R$ 5,6 bilhões em emendas parlamentares que são essenciais para o desenvolvimento dos municípios.

Em Rondônia, o senador Jaime Bagattoli (PL) criticou o valor bilionário e apontou uma justa indignação por parte da população.

“Em nenhum país democrático vemos um valor dessa ordem investido em campanha eleitoral. Retirar R$ 4,9 bilhões dos cofres públicos para custear campanha política é algo imoral e a população, de forma muito justa, se mostra indignada”, avaliou o parlamentar.

Para o senador, enquanto o atual governo autorizou uma cifra bilionária para bancar as eleições municipais deste ano, o mesmo optou por vetar R$ 5,6 bilhões das chamadas emendas de comissão.

“Não é de hoje que o atual governo altera o valor das emendas de comissão para custear projetos de interesse próprio. O que muitos não sabem é que essas emendas são essenciais para o desenvolvimento de muitas regiões do país, principalmente as mais pobres, e que precisam de investimento público. O governo federal, mais uma vez, optou pelo pior caminho”, acrescentou o senador.

Fonte: Assessoria

Nenhum comentário