Hospital Cemetron é referência para o tratamento de doenças tropicais em Rondônia - VILHENA ONLINE - NOTÍCIAS DE VILHENA E RONDÔNIA

Hospital Cemetron é referência para o tratamento de doenças tropicais em Rondônia

Share:
Cemetron é referência no atendimento às doenças infectocontagiosas e tropicais

Vilhena, RO - Pontuado como referência no atendimento às doenças infectocontagiosas e tropicais, tanto em nível ambulatorial quanto internação, há mais de 30 anos, o Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron) integra a Rede Pública de Saúde do Governo de Rondônia e conta com a atuação de 678 profissionais, desde médicos até serviços gerais, que oferecem um serviço diferenciado aos pacientes que ficam internados na unidade.

Conforme destacado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), o Cemetron foi fundamental para o Estado atravessar o período mais crítico da pandemia da covid-19. A unidade conta com um total de 107 leitos. Desses, 90 são leitos clínicos, sendo 6 leitos clínicos reservados para pacientes acometidos com covid; 65 infectocontagioso e 19 leitos de retaguarda do Hospital João Paulo II.

Possui também, 17 leitos para Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sendo 4 direcionados a pacientes com covid-19; 6 para os de retaguarda e 7 leitos aos pacientes com patologias infectocontagiosas. Todos os leitos de UTI têm capacidade para realização de hemodiálise.

ESPECIALIDADES

Cemetron conta com um total de 107 leitos

O Cemetron conta com diversos serviços que vão de consulta ambulatorial e emergência, internação, apoio a diagnóstico, até dispensação de medicamentos. De acordo com o diretor clínico do Cemetron, Rui Durlacher, “na unidade são tratadas doenças como tuberculose, vírus da imunodeficiência humana (HIV), síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS), blastomicoses, leishmaniose, malária, leptospirose, acidente com animais peçonhentos, dengue, covid-19 e outras patologias relacionadas à saúde pública”, detalhou.

ATENDIMENTO

O horário de atendimento do Cemetron é contínuo, funciona 24 horas em regime de plantão, incluindo sábados, domingos e feriados para urgência e emergência de pacientes com picada de animais peçonhentos, HIV, tuberculose e perfurocortante. Para as demais patologias, recebe os pacientes vindos das unidades de emergências municipais, regulados pela central de regulação estadual. Já para os atendimentos dos pacientes ambulatoriais é necessário encaminhamento, com referência em doenças infectocontagiosas.

ONDE FICA?

A unidade hospitalar está localizada na Avenida Guaporé, nº 215, Bairro Lagoa, em Porto Velho. Atende os municípios do interior do Estado, cidades vizinhas dos estados do Acre e Amazonas, e ainda, pacientes vindos da Bolívia.

Nenhum comentário