Fiscalização flagra canoas com armas e animais silvestres, como tracajás - VILHENA ONLINE - NOTÍCIAS DE VILHENA E RONDÔNIA

Fiscalização flagra canoas com armas e animais silvestres, como tracajás

Share:

Flagrante aconteceu na região de Costa Marques, fronteira com a Bolívia. Nesta segunda embarcação foram encontradas duas espingardas de calibre .16 e .20

Vilhena, RO - Uma operação realizada pelo Batalhão de Polícia Ambiental, terminou com a apreensão de armas, malhadeiras e animais silvestres no rio Guaporé, em Costa Marques (RO), fronteira com a Bolívia.

Segundo registro policial, na sexta-feira (26) os policiais na operação abordaram uma canoa de madeira ocupada por quatro indígenas da Aldeia Ricardo Franco, que transportavam redes de pesca do tipo malhadeiras, as quais são proibidas para a categoria amador. Esta abordagem inicial levou os militares até uma outra embarcação, do tipo santarém, escondida rio abaixo.

Nesta segunda embarcação foram encontradas duas espingardas de calibre .16 e .20, além de oito tracajás vivos, que estavam sendo transportados ilegalmente. Estes animais, pertencentes à fauna silvestre, são protegidos pela legislação.

Diante da situação, os policiais realizaram a apreensão das armas de fogo, redes de pesca, embarcações e motores de popa envolvidos na atividade ilegal. Os tracajás foram liberados no próprio rio, em uma praia, visando a preservação da fauna local.

Os indígenas foram conduzidos à delegacia de Costa Marques, onde foram autuados por posse irregular de arma de fogo de uso permitido, pesca predatória e caça ilegal de animais silvestres, em conformidade com as leis federais e estaduais vigentes sobre a matéria.

Fonte: G1

Nenhum comentário